MOÇÃO DE REPUDIO AOS ATOS PRATICADOS PELO DEPUTADO FEDERAL EVANDRO GUSSI

 

O PARTIDO VERDE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO reunido em Rio Bonito – RJ elaborou a presente Moção de Repúdio ao deputado federal, Evandro Gussi, do PV/SP pelos motivos que seguem:

O Nobre Deputado votou a favor da família tradicional quando da votação do relatório da Comissão do Estatuto da Família, o PL 6583/13 indo em sentido totalmente contrário ao item 4 do Programa Partidário, Cultura e Comunicação que diz:

“i) defender a liberdade sexual, no direito do cidadão dispor do seu próprio corpo e na noção de que qualquer maneira de amor é valida e respeitável;”.

Nós do Partido Verde do Estado Rio de Janeiro não podemos de forma alguma aceitar o presente posicionamento do Deputado que diminui ainda mais os direitos dos homossexuais e gera ainda mais preconceito, intolerância e ainda insegurança jurídica.

O Partido Verde do Estado Rio de Janeiro acredita no amor e acredita que em qualquer lar que exista amor existirá uma família independente do sexo e da quantidade de indivíduos que compõem essa família.

Não podemos aceitar também a participação do Deputado no Projeto de Lei 5069/13 que deveria ter sido totalmente rejeitado por dificultar as mulheres estupradas de praticarem o aborto previsto em Lei quando votado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados estando em total desacordo com o item o 7 do Programa Partidário, Reprodução Humana e Cidadania Feminina que diz:

 “g) legalização da interrupção voluntária da gravidez com um esforço permanente para redução cada vez maior da sua prática através de uma campanha educativa de mulheres e homens para evitar a gravidez indesejada.”

É inadmissível que nossas mulheres sejam tratadas de forma mais severa que os próprios bandidos que tem ao menos beneficio da dúvida, tendo que provar que foram vítimas de um crime, além de toda a dor já sofrida serem obrigadas a repassar todo o ocorrido na Delegacia e no IML e que os médicos sejam proibidos de informar a essas mulheres o seu direito ao aborto.

 Deputado as nossas mulheres merecem MUITO MAIS RESPEITO e nós acreditamos e sempre lutaremos pelo direito das mulheres de exercer sua cidadania feminina devendo ser considerado prioridade o combate a qualquer tipo violência e atitudes machistas como a aprovação do supracitado projeto pela Comissão de Constituição e Justiça.

Em relação a apresentação do Projeto de Decreto nº395/2016 para o suspender o direito de transexuais e travestis a usarem seu nome social nos órgãos públicos do governo federal nós consideramos o supracitado ato intolerável, sendo um grande absurdo o Deputado apoiar tal “caça às bruxas” ao Direito recém conquistado pelos transexuais e travestis.

Nós não aceitaremos que seus nomes voltem a ser usados para sua diminuição em seu próprio lugar de trabalho, não aceitaremos tal retrocesso, não aceitaremos que uma conquista tão recente seja tao bruscamente arrancada de forma tão golpista.

Não podemos e não iremos mais aceitar que o Deputado use o mandato que é do Partido Verde para se posicionar em total desacordo com o programa do nosso partido.

Deputado o Senhor não representa o Partido Verde do Estado Rio de Janeiro!